A diferenciação é não diferenciar-se

Se teve algo mais falado que o Ice Cream Sandwich nos últimos dias no universo Android, esse algo foi a fragmentação. Esse é o maior desafio que o Google enfrenta com a plataforma, por um motivo simples: a fragmentação não é amiga dos desenvolvedores. E são os apps que comandam as plataformas.

Numa entrevista ao Engadget*, o CEO da Nokia Stephen Elop comenta sobre a fragmentação e customização do Android. Seu ponto de vista foi óbvio: totalmente contra. Seus argumentos fazem sentido: toda vez que você usa um Android diferente você precisa re-aprender a utilizar certas ferramentas. Além disso, as customizações não ajudam a fortalecer a marca Android, fornecendo uma experiência de usuário única e consistente. As empresas tentam valorizar tanto o Android quanto a sua customização, o que é conflitante na cabeça do usuário – “tá, eu to usando um Android ou um Motoblur? Porque o meu Android é diferente daquele do meu vizinho?”.

Pra dizer a verdade, as customizações não fazem o menor sentido. As mudanças aplicadas geralmente são para pior. Outro ponto importante é que essa vontade maníaca de customizar atrasa as atualizações de dispositivos – quando elas ocorrem, btw. Eu não consigo ver isso como uma vantagem competitiva a longo prazo e é um ponto sempre abordado pelos sites especializados, formadores de opinião.

A grande sacada, o que realmente diferenciará uma empresa de outra nesse mercado, é não se diferenciar-se. Pelo menos nas customizações. Se a Motorola desistisse do seu Motoblur (ou sei lá como é o atual nome dessa merda) e focasse em hardware e alguns apps exclusivos, será que não venderia mais? Eu aposto que sim. Olhe o Droid RAZR, por exemplo, um hardware fantástico, mas um smartphone que já nasceu velho. Focando no hardware, nas vantagens exclusivas e não nas customizações parece ser o caminho certo.

Essa é a estratégia adotada pelas fabricantes de aparelhos com Windows Phone – diferenciar-se no que realmente importa, trazendo vantagens reais aos consumidores, mantendo um ecossistema único e propício ao desenvolvimento de aplicativos. A Nokia por exemplo, conseguiu diferenciar-se de todas as outras fabricantes apenas com hardware e apps exclusivos. Será que isso é muito difícil de ser atingido pelas empresas? Ultimamente parece que tivemos a corrida da finura, pra ver que empresa apresentava o aparelho mais fino do mercado. Isso realmente é um grande diferencial competitivo? Porque o iPhone ainda é grossinho e vende feito água e, além disso, o Nokia Lumia 800 é mais grosso que a média mas causa suspiros – tanto em reviewers quanto em consumidores.

Mas aí você me diz: “mas o Android já vendeu mais de 200 milhões de aparelhos”. Então porque é o Android o sistema operacional que mais causa preocupação nos desenvolvedores? O ICS é um ótimo sistema, talvez até melhor que o iOS – mas a maior dúvida é: como ele será nas mãos da Samsung ou da Motorola? Será essa Coca Cola toda que o TheVerge anunciou (nota 10)? Dúvido.

Meu ponto é: essa diferenciação adotada pelas empresas traz mais desvantagens do que benefícios aos consumidores. Focar no que nós queremos e iremos utilizar e que daremos mais valor (como uma atualização universal de dispositivos) faz muito mais sentido do que uma customização de interface. Se eu fosse comprar um Android, não é a customização que me chama atenção, mas o hardware, o design e a marca que carrega esse Android. A customização geralmente passa despercebida, parece até um presente – de grego.

Agora, será que vale um bacon?

Customizações: Mais atrapalham do que ajudam. Clientes não escolhem pela mais boa, mas sim pela menos pior. Não vale nem um vegan bacon.

*Você já pensou no tamanho que esse site possui??? Os caras entrevistaram um dos CEO’s mais importantes do mundo. Um site! Os tempos são realmente outros. Isso sim demonstra o poder que a Internet vai ter em nossas vidas – estamos vendo apenas o começo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s